Decoração para iniciantes

Patricia Smaniotto – homify Patricia Smaniotto – homify
Google+
Loading admin actions …

Nem todo mundo conhece os princípios básicos da decoração de interiores. e, por isso mesmo muita gente acaba cometendo erros que comprometem o resultado final, seja de um cômodo, seja da casa toda. Mas a verdade é que muita coisa a gente já sabe intuitivamente. Além disso, a internet está aí para se pesquisar sobre todos os aspectos da decoração de interiores, sempre com lindas imagens como exemplos.

Com a ajuda da nossa intuição, da internet e das dicas que daremos aqui neste artigo, você vai poder decorar a sua casa com sensibilidade e discrição, sabendo usar a paleta de cores, harmonizando o mobiliário, escolhendo o piso , os tapetes e as cortinas, entendendo o conceito de menos é mais, aprendendo a usar a iluminação a favor do ambiente, e até equilibrar a presença de flores e plantas.

Venha conosco conhecer o básico da decoração e usar os seus novos conhecimentos para montar a sua casa ou apartamento do jeito mais parecido com você.

Faça uma planta ou desenho do cômodo que quer decorar ou da casa toda

Fazer uma planta ou desenho do cômodo que se quer decorar ou da casa toda é a primeira providência a ser tomada por decoradores de primeira viagem. Anote todas as medidas direitinho (paredes, janelas, vãos), com equipamento profissional como trena e, assim, você vai poder saber como calcular a dimensão de um móvel sob medida ou outro já pronto que pretende instalar em um determinado lugar da casa. Não esqueça de anotar pontos cardeais (onde nasce e se pôe o sol, a quantidade de sol que recebe cada ambiente, para se ter ideia se poderá colocar estantes em um determinado canto que pode receber sol demais e desbotar os livros, ou então para saber onde poderá cultivar plantas.

Seja simples (ou o famoso menos é mais)

Na hora de decorar, existe uma regra de ouro que ajuda iniciantes e experts a equilibrar os elementos do ambiente. É simples assim: nada em excesso. Espaços atravancados de móveis, paredes entupidas de quadros sem uma mínima noção de composição, dezenas de objetos decorativos por todos os lados, profusão de cores de maneira desordenada e sem objetivo – tudo isso torna o lugar mais um bric-à-brac, uma loja de quinquilharia, enfim um lugar desinteressante pelo excesso. Assim, menos é mais, querendo dizer que uma peça bem colocada, um cor bem escolhida, um móvel exatamente no local certo vão dar a medida certa da decoração de um ambiente. É o caso, por exemplo, da leve e sofisticada sala de estar do projeto de Espaço do Traço Arquitetura (a imagem de Lio Simas), onde a paleta de coree é neutra, cinza e branca, com toques de madeira para deixar o espaço aconchegante e uma grande janela para o jardim que garante farta luminosidade natural. Os móveis são poucos, simples, simétricos, garantindo o equilíbrio entre as peças e a composição em geral.

Balanço

O balanço é uma qualidade imprescindível na decoração. Tem a ver como você equilibra todos os elementos dentro do ambiente, harmonizando padrões e texturas dos estofados, dos tapetes e das cortinas, de modo a não obter um espaço muito claro ou muito escuro. Isso tem a ver também com a paleta de cores que você utiliza em um determinado ambiente, que, na imagem ao lado, mostra uma sala de estar criada a partir do branco, do preto, do bege escuro e toques de madeira. O tapete e as poltronas em tom bege ancoram o ambiente, dando-lhe solidez e,, ao mesmo tempo, aconchego. Os sofás brancos, sob fundo de paredes na mesma cor, se contrapõe aos elementos em negro como os abajures e, principalmente, ao par de quadros escuros que passam movimento.

Harmonia

A harmonia é a capacidade de dar boa disposição aos elementos de um conjunto. Também ela segue a regra do menos é mais e tem muito a ver com a paleta de cores utilizada em um determinado ambiente, A escolha das cores de um espaço precisa ser harmoniosa e trazer ao olhar o prazer do conjunto, assim como os recortes menores da decoração. Hoje em dia, as lojas de materiais de construção têm os mais variados displays de cores para ajudá-lo a escolher uma cor para uma parede. O mesmo serve para as lojas de estofados, que apresentam jogos variadíssimos de tecidos, padrões e texturas. Já existe até uma conhecida marca de tintas que dispõe gratuitamente um aplicativo para celular que permite fotografar o ambiente e revesti-lo com as mais variadas cores, de modo que você possa escolher a cor mais adequada. Aproveite esses recursos e faça um percurso pela sua casa, escolhendo cores para as paredes. Mas sempre tendo em vista os móveis que você terá em cada ambiente, para que haja harmonia no espaço.

Seja prático

Se você tem um apartamento pequeno, você precisa ser prático. Um buffet na sala de estar pode ajudar a guardar muita coisa. E ele pode ser estiloso, apresentado em uma cor vibrante que levanta a paleta básica em cinza e branco. Na cozinha, você pode ter uma cozinha americana, aberta para a sala, com uma bancada informal com duas ou três banquetas. Ou ainda uma mesa dobrável para quando houver visitas. No quarto, aproveite a parte de baixo da cama para guardar roupas de cama, cobertas ou sapatos. Sempre há um jeitinho de aproveitar um canto para guardar coisas – ou escondê-las. Tome um tempo para verificar na sua casa onde você pode mandar fazer armários ou melhorar os que já tem, como por exemplo os da cozinha. Você vai surpreso com quanto espaço escondidinho tem por aí.

Não se esqueça da iluminação

Um bom projeto de decoração não abre mão da luminotécnica. É o que vai fazer com que todos os ambientes da sua casa se apresentem no máximo de seu esplendor. Luzes adequadas na sala podem ser boas para a leitura ou para a conversa, enquanto luzes corretas no banheiro permitem a maquiagem e a barba perfeitas. Na cozinha, nem se fala: nada como ter a luz certa para realizar todas as etapas do preparo de uma refeição. Sem falar que luzes dirigidas vão realçar quadros, esculturas, pequenos objetos de arte. Inclua a luminotécnica no seu plano de ação e seja feliz.

Incorpore novas tendências

Aproveite a decoração da sua casa para incorporar novas tendências. Assim, mantendo os elementos principais do seu projeto, você dá uma pitada de contemporaneidade à sua casa, tornando-a um lugar antenado com o mundo do design, da decoração e da arquitetura. O resultado é sempre renovador e estimulante. Para outras dicas sobre decoração, leia este artigo.

Casas de estilo moderno por Casas inHAUS

¿Necesitas ayuda con tu proyecto? ¡Contáctanos!

Pide tu consulta gratis

¡Encuentra inspiración para tu hogar!